CENTRAL DE AGENDAMENTO(011) 3181-8333

Visclin Oftalmologia - Agendamento Online

Retina e Vítreo: Laser/ Anti-angiogênico / Vitrectomia


Fotocoagulação a Laser:

Trata-se de uma aplicação de laser para cauterização. É indicado para pessoas que apresentam doenças oculares que afetam os vasos sanguíneos da retina como ocorre nos diabéticos. Pacientes que apresentam roturas na retina predisponentes ao descolamento de retina também necessitam desse tratamento.

A fotocoagulação a laser é realizada em regime ambulatorial (dispensa internação). É necessário dilatar a pupila e instilar colírio anestésico antes de iniciar o procedimento.

Pode ser necessário realizar mais de uma sessão. O médico é quem indica a quantidade de sessões necessárias.


Tratamento com antiangiogênicos:

Os Anti-VEGFs são medicamentos injetados dentro do olho que interferem no mecanismo responsável pela formação de neovascularização sub-retiniana após estado de hipóxia intensa (falta de oxigênio). Normalmente, é necessária mais de uma aplicação para estabilizar a doença.

O procedimento é indicado para doenças relacionadas à formação de vasos sanguíneos anômalos (novos vasos sanguíneos ruins), como Degeneração Macular Relacionada à Idade, Retinopatia Diabética, Tromboses e Glaucomas de causa vascular. Esses quadros evoluem para melhora após terapia com drogas Anti-VEGF. Todas as medicações agem na área central da Retina.

A indicação de cada tratamento depende da avaliação médica com o oftalmologista especialista em retina.

• Injeções intravítreas de anti-angiogênicos: Anti-angiogenicos como bevacizumab (Avastin) ou Infliximab (Lucentis) são aplicadas nos casos de edema na retina, diagnosticado e medido pelo exame de OCT (Tomografia de Coerência Óptica). Também pode ser feita injeção de triancinolona ou implante de ozurdex em casos especiais.


Vitrectomia é o nome que se dá à técnica de cirurgia do corpo vítreo, o fluído gelatinoso que preenche o interior do globo ocular. Ela é indicada no tratamento de diversas patologias oculares, tais como: buraco de mácula, membrana epiretiniana, membrana sub-retiniana, descolamento de retina, retinopatia diabética, tromboses venosas, e retinopatia da prematuridade.

A vitrectomia pode ainda ser indicada em casos de complicações das cirurgias intra-oculares como as de catarata, inflamações e infecções intraoculares, complicações do trauma ocular, descolamento de coróide seroso ou hemorrágico, reposicionamento da lente intraocular para o vítreo, e edema macular cistóide.

 

Voltar

Consultoria Cirúrgica

Solicite